Bienvenida

Bienvenidos a mi bligoo,en donde compartiremos variados temas de interes para todos los que se interesen en entrar y conocernos

|

Comentarios

Senhor, fazei com que eu aceite 
minha Arte tal como sempre foi. 

Que não sinta o que não tenho. 
Não lamente o que podia ter 
e se perdeu por caminhos errados 

e nunca mais voltou. 

Dai, minha Arte, que minha humildade 
seja como a chuva desejada 
caindo mansa, 
longa noite escura 
numa terra sedenta 
e num telhado velho. 

Publico,Que eu possa agradecer a Vós, 
minha cama estreita, 
minhas coisinhas pobres, 
minha Caravana , 
tábuas remontadas. 
E ter sempre um feixe de lenha 
debaixo do meu fogão de taipa, 
e acender, eu mesmo, 
o fogo alegre da minha Caravana 
na manhã de um novo dia que começa.
Saltimbanco,, Tony Toninho Ferreira Acrobata
Responder
thanks for share!
Responder

Escribe un comentario

¿Quieres usar tu foto? - Inicia tu sesión o Regístrate gratis »
Comentarios de este artículo en RSS

Comentarios recientes

Cerrar